sexta-feira, 31 de maio de 2013

(VÍDEO) - O Teste da Fé - Dez cientistas reconhecidos internacionalmente como pesquisadores notáveis contam suas histórias de vida e como relacionam a sua fé com a atividade científica. Por que escolheram ser cientistas? Por que abraçaram o cristianismo?

 (VÍDEO) - O Teste da Fé - Dez cientistas reconhecidos internacionalmente como pesquisadores notáveis contam suas histórias de vida e como relacionam a sua fé com a atividade científica. Por que escolheram ser cientistas? Por que abraçaram o cristianismo?


Clique no link abaixo para acessar o vídeo:
http://metodologiadoestudo.blogspot.com.br/2013/05/video-o-teste-da-fe-dez-cientistas.html

3 comentários:

  1. O Teste da fé é uma tentativa de mostrar a existência de Deus no meio científico a partir da apresentação de alguns cientistas. Contudo, o material Teste da Fé é evolucionista teísta, e defende os pressupostos do liberalismo teológico quanto a interpretação bíblica, tratando o Gênesis como "mito".

    Estive presente no lançamento em Recife, no dia 12 de setembro de 2013, e pude constatar pessoalmente isto.

    É uma pena que a Ultimato esteja apoiando essa iniciativa.

    Um Nota de Reprovação com o apoio do Dr. Marcos Eberlin e de Enézio Almeida pode ser vita aqui: https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=622197714492157&id=100001058027539

    Pr. Robson T. Fernandes.

    ResponderExcluir
  2. NOTA DE REPROVAÇÃO À EDITORA ULTIMATO

    Com comentários de Enézio Almeida e Marcos Eberlin.

    *********

    Enézio Eugênio De Almeida Filho*: "a Dra. Ruth Bancewicz é teísta evolucionista e advoga a compatibilidade da crença em Deus e Darwin. Péssima teologia e péssima ciência. Péssima teologia, pois Deus não é mais Todo-poderoso. Péssima ciência, pois injeta o Deus das lacunas, conceito abominável para o naturalismo filosófico mascarado de Ciência. Pior de tudo, a Ultimato promoveu isso sem nenhum contraponto ao status da teoria da evolução no contexto de justificação teórica. O nome disso é desonestidade intelectual. Pior partindo de cristãos!"
    * Coordenador do Núcleo Brasileiro de Design Inteligente.

    *********

    Marcos Eberlin**: "Há duas coisas que detesto e combato, mas com respeito: o naturalismo e a evolução; uma que eu abomino: o evolucionismo teísta! E os lobos disfarçados de cordeiros"
    ** Membro da Academia Brasileira de Ciências, presidente da Fundação Internacional da Espectrometria de Massa (IMSF, International Mass Spectrometry Foundation), diretor fundador do laboratório ThoMSon de Espectrometria de Massa da UNICAMP, editor associado do Journal of Mass Spectrometry e recipiente da Ordem Nacional do Mérito Científico.

    Robson T. Fernandes
    NOTA DE REPROVAÇÃO À EDITORA ULTIMATO

    A Editora Ultimato tem patrocinado a vinda da Dra. Ruth Bancewicz ao Brasil para o lançamento de seu livro “O Teste da Fé”, que nada mais é que uma tentativa de conciliação entre o Cristianismo e o Darwinismo (Evolucionismo).

    É uma pena que esta editora tenha perdido o foco, e é motivo de preocupação o fato de que esteja patrocinando o evolucionismo no meio cristão, especialmente porque uma das características mais marcantes do cristianismo pós-moderno, principalmente no cenário brasileiro, é a adoção do liberalismo teológico que leva à reinterpretação da Escritura, a começar por Gênesis, para que este dê espaço à hipótese evolucionista.

    O Dr. Wayne Grudem, no prefácio do livro "Should Christians Embrace Evolution" aponta oito razões pelas quais o cristianismo bíblico é contrário a evolução teísta.

    O Dr. Marcos Eberlin afirma que “a evolução é péssima ciência. O evolucionismo teísta é péssima ciência somada com péssima teologia e filosofia. O criacionismo é ótima teologia com ótima filosofia, que se apoia hoje em ótima Ciência, Ciência com C maiúsculo; a que é livre das amarras do materialismo”.

    O evolucionismo teísta nada mais é que falsa hermenêutica e falsa ciência unidos em um só pacote. Por isso, o evolucionismo teísta nada mais é que uma versão politicamente correta do tema, que visa simplesmente arrebanhar seguidores de ambos os lados para, no fim de tudo, ser agradável a todos e receber sua recompensa aplausos, seguidores e cifrões ($).

    Criacionistas não concordam com isso. Evolucionistas não concordam com isso. Por isso, também, que o Evolucionismo Teísta nada mais é que uma versão politicamente correta do tema, que visa atrair, enganar e ludibriar.

    Como disse Enézio Eugênio De Almeida Filho, é “Um cavalo de Tróia”.

    É uma pena que aqui, no Brasil, se aceite as coisas com tanta facilidade e tão rapidamente, simplesmente por vir de fora, ou por um interesse qualquer.

    TRISTE!

    FICA AQUI A MINHA NOTA DE REPROVAÇÃO À EDITORA ULTIMATO, POR ESTAR PROMOVENDO TAL DISTORÇÃO.

    Pr. Robson T. Fernandes.

    ResponderExcluir
  3. Prezados ‘istas’, em especial os evolucrionistas, os crioevolucionistas, os criacionistas e os evolucionistas.

    Deus fez a luz com a palavra: Haja Luz!

    Ninguém fala em ‘evolução da luz’: ela é o que sempre foi.

    Mas Deus não criou o homem com a palavra. Ele o formou de matéria pré-existente, não se sabe quanto tempo foi utilizado para isso.

    Além do mais, a Bíblia disse que o homem, numa primeira fase em certa época foi pó da Terra.
    Noutra fase foi inocente quanto um macaco, já que não sabia distinguir o bem do mal.

    E numa terceira fase, o homem passou a ser inteligente como nós somos hoje.
    Isso caracteriza evolução e dá margem a se falar em evolução, ao contrário da luz.

    Seria por coincidência que o processo verbal de criação da luz não deu ensejo a ‘teoria da evolução da luz’, mas o processo de formação do homem pelo pó deu ensejo a evolução?

    Falei alguma coisa falsa?

    Nota: não sou evolucionista (se fosse, seria apenas um seguidor, pois não sou especialista na teoria da evolução); não sou criacionista, pois o que a Bíblia fala não é uma teoria da criação para ser posta em contraste com a teoria da evolução; Sou apenas crente em Deus, cristão.

    ResponderExcluir